Blog do site VIVACOMLINFEDEMA.com

Tratamento

Drenagem linfática mecânica – exercício linfomiocinético

Olá pessoal!

As pessoas vêm me perguntando sobre novos métodos de tratamento do linfedema, mas pelo que tenho acompanhado, nada significativo surgiu até o  momento. Ao navegar pelo site dos Dres. Fátima e José Maria Godoy, encontrei um belo trabalho que fala sobre a Drenagem Linfática Mecânica aliada às terapias usuais (drenagem manual, enfaixamento do membro…). O texto está em inglês, mas pelo que pude entender, o aparelho R.A. Godoy é um grande aliado no tratamento do linfedema. Não há contra-indicação e, associado ao tratamento tradicional, ele traz benefícios. Isto porque são movimentos que favorecem o caminho da linfa e pode ser feito em casa nos momentos de relaxamento, de estudo ou ociosos.

Segundo os estudos, todos os pacientes responderam bem ao tratamento, sendo que os que não tiveram melhora na perimetria, ao menos mantiveram o edema sob controle.

A grande vantagem do uso combinado do R.A. mais Terapia Física Complexa, é a independência que proporciona ao portador de linfedema. Por se tratar de um aparato de tamanho médio, de fácil manuseio, ele pode ser usado na residência do paciente ou transportado para locais de viagem. O fato de a pessoa poder preencher o tempo morto com este exercício passivo só traz benefícios e aumenta o bem estar.

O texo pode ser encontrado no http://drenagemlinfatica.com.br/pdfs/publicacoes/New%20apparatus%20for%20mechannical%20lymph%20drainage.pdf

O aparelho R.A. custa R$ 1.600, 00 + frete e pode ser adquirido no seguinte endereço eletrônico: http://drenagemlinfatica.com.br/loja/index.php?cat=31

O site acima citado também dispõe de outros aparatos que auxiliam no tratamento do linfedema de membros superiores. O conjunto com 4 dispositivos custa R$240,00 + frete.

Como o próprio site drenagemlinfatica.com.br lembra:

Os exercícios constituem em um dos pilares no tratamento do linfedema, porém eles podem melhorar como agravar o linfedema.   Este dado é vital, pois muitas vezes o paciente acredita que esta tratando e na realidade está piorando a doença. Portanto, o profissional que orientar os exercícios deve ser conhecedor da doença. Por outro lado o paciente deve seguir rigorosamente o que o profissional orientou. Assim, os exercícios podem ser úteis e uma forma de tratamento. Devido à importância dos exercícios no tratamento Godoy e Godoy desenvolveram, avaliaram e vários dispositivos facilitadores para exercícios linfomiocinéticos. Estes aparelhos foram patenteados e muitos foram doados para a Organização não governamental (ONG) Convivendo com linfedema.”

Quem tiver algum destes aparelhos em casa, por favor, comente aqui no blog ou no fórum !!!

Abraço a todos!

Até a próxima!

Material básico – o que não pode faltar na vida de uma pessoa com linfedema

Olá gente!

Como estamos em época de FÉRIAS, VIAGENS, VERÃO, COMILANÇA NATALINA, resolvi tirar umas fotos dos materiais indispensáveis para a pessoa com linfedema que deseja aproveitar tudo o que dezembro e janeiro tem de bom.

Mas isso não quer dizer que o tratamento deve ser deixado de lado no resto do ano, muito pelo contrário!

Outro grande lembrete é o seguinte: SEMPRE, MAS SEMPRE CONSULTEM O MÉDICO ANTES DE USAR QUELQUER DESTES APETRECHOS. Meu objetivo é apenas lembrá-los de usar o enfaixamento, meias, daflon(se for o caso, e com receita médica), venaloth (idem), e outras “coisitas” que poderiam ser esquecidas em virtude da euforia causada pelo natal e pelo reveillon. Além disso, muitas pessoas tem dúvidas quanto ao preço, o modelo das faixas, etc e tal. Com essas imagens, acho que as coisas ficarão mais claras.

Para o enfaixamento, que você usará nos dias de bater perna pela cidade atrás das ofertas de natal, compras no supermercado, você irá precisar de FAIXA FAMARA LINFOPRESS (de 6 a 10 faixas. depende do

tamanho da perna ou braço), MALHA TUBULAR (ou uma meia-calça do tipo “da loba” velha, para proteger a pele), ESPUMA (para proteger a pele), FITA CREPE (para fixar as faixas), FAMARA BRANCA MAXI SOFT (para enfaixar os dedinhos).

A fita métrica é para você medir a circunferência da sua perna, ou braço a fazer as anotações. É importante manter o controle para que você perceba o que faz aumentar ou diminuir o edema, como alimentaço, calor, estilo de vida, estado emocional, etc. A fita métrica também será usada na hora de tirar as medidas para comprar a meia pela internet no site da Discount Surgical. Indico este site porque eu já comprei nele e fiquei satisfeita. A Sigvaris 40-50 mmHg feita na suiça chegou em torno de 20 dias aqui em BH. A compra é feita pelo cartão de crédito intenacional em dólar. Clique no ícone que está piscando nos “links”que você irá para o site Discount Surgical, e veja os modelos existentes e os preços.  

Para enfaixar os dedinhos, costuma ser usada a Famara branquinha, Maxi Soft 05cm. Você dobra ela no meio, de forma que ela fique mais estreita, depois enrola para poder enfaixar os dedinhos do pé. Esta de 12cm aí do lado, eu uso para dar acabamento ao enfaixamento. Ela não faz compressão quando passada, ao final do enfaixamento, por cima da outra faixa. Serve para não desenrolar e cair perna abaixo.

Bom, você não vai usar faixa todos os dias das suas férias, não é? Vai ter piscina, praia, churrascada, pagode… Vai ter festa de natal na casa da sogra, e você não vai querer explicar para a parentada do seu marido, ou esposa, que seu pé não está torcido e que o linfedema é causado pelo acúmulo de linfa devido a isso, aquilo, etc e tal, não é mesmo? Por isso você irá usar uma meia! Assim, você poderá se vestir lindamente, com vestidos esvoaçantes, pantalonas superfashion, sandálias com strass, enfim, você estará uma Deusa, assim como todas as irmãs e primas siliconadas do seu marido !!!! Então tire as medidas do seu tornozelo, da panturrilha, coxa e o comprimento da perna. Basta jogar essas medidas na tabela da Sigvaris para saber qual o seu tamanho e mandar trazer dos States a meia 40-50mmHg de borracha natural. Peça de natal para seu pai, avô, avó, irmão, filha, tio, padrinho, madrinha, marido, etc. pelo menos uma meia dessas. Ela dura mesmo!  Aqui estão as fotos da caixa  com a tabela. No site da Discount Surgical tem tudo explicadinho, tem essa tabela também. Clique na imagem aqui ao lado para ampliar e veja as minhas explicações.

Esta meia custa em torno de R$200,00, com o frete, depende do dólar. Issoo modelo que eu uso, que é este de uma perna só com cinta. Mas a grande vantagem é que é um produto de qualidade infinitamente superior, se comparado com as vendidas no Brasil. Se eu pagava R$80,00 por uma de compressão 30-40, mais uma compressão 20 que custava R$50,00 (a Kendall), ou seja, R$130,00 por mês, hoje eu gasto cerca de R$200,00 de 4 em 4 meses. 

Em um mês de uso, olha como fica a minha 30-40mmHg Venosan fabricada no Brasil. (clique na imagem para ampliar) Isto porque eu dobro o joelho para subir escadas. Se eu não dobrar o joelho ela dura um pouco mais… agora me diz: eu posso deixar de dobrar o joelho?! Por causa disso, hoje faço exercícios para recuperar os músculos da perna, perdidos pelo desuso.

E para finalizar o “post” de hoje, como viajaremos, pegaremos sol, ou, no mínimo comeremos muito no natal e no reveillon, lembre-se de levar o Venaloth em creme na bolsa: inchou? passou! Se a perna ou braço inchar, Venaloth nele! Uma massagenzinha com Venaloth antes de dormir também ajuda. Mas lembre-se de consultar o médico antes de comprar. O Daflon 500mg também constuma ser prescrito na época de calor. Mas não vá tomar sem a prescrição do médico !!! Só ele sabe se este é o seu caso. O preço do Venaloth em creme, 80ml, costuma girar em torno dos R$13,00. O Daflon 500mg com 30 comprimidos custa cerca de R$59,00.

Agora você já pode fazer as malas! E haja mala, viu!

Uma dica: vá enfaixada e leva na mala só as meias. Assim você evita gastar espaço com as chatices das faixas, espumas etc e tal.!

No mais, é isso aí

Boas férias! Beijos para todos !!!

Barrinha MaynaBaby

Ah! O verão! Hora de cuidar da pele!

Olá pessoas!

Em primeiro lugar gostaria de agradecer a todos que participam deste site! Graças a vocês, muitas pessoas vêm sendo ajudadas, dúvidas esclarecidas, experiências trocadas! E esse é o objetivo do site. Vejo que vocês entenderam o recado e estão fazendo ótimo proveito deste espaço que é de todos nós!

Mas voltando ao assunto do dia, CUIDADOS COM A PELE.

Bom, sabemos que o linfedema pode ter várias origens, mas os cuidados devem ser basicamente os mesmos para todos. Medidas simples que devem fazer parte do dia-a-dia de todos que têm vasos ou linfonodos lesados podem garantir uma vida mais sadia e prazerosa, longe de maiores complicações.

Quando a pele se expande devido ao acúmulo de linfa, costumamos notar o aparecimento de estrias e, às vezes, feridas. Por isso, é fundamental manter a pele bem hidratada. Passar hidratante deve ser rotina!

Os banhos quentes devem ser o mais breve possível. Se estiver calor, bom é banhar-se com uma água mais fria pois evita o ressecamento e ajuda no retorno da linfa. Após o banho, deve-se secar bem os dedinhos do pé para evitar o desenvolvimento de micoses, frieiras. Estas, assim como outras feridas no membro acometido,  são porta de entrada para bactérias que causam toda sorte de infecções.

Na praia, é importante passar protetor solar no membro com linfedema para evitar queimaduras. O calor excessivo irradiado pela areia também não é recomendado. Por isso, nessas férias de verão, época em que muitas pessoas amam ir à praia, é prudente evitar exposição prolongada ao sol, pois o calor faz inchar. Uma boa dica é ficar debaixo d’água, seja na piscina ou no mar. Mas lembrem, a água deve ser fria!

BEBA ÁGUA! MUITA ÁGUA! ÁGUA, ÁGUA, ÁGUA !!!!

Ainda no tema “praia”, evite entrar em águas impróprias (poluídas). Evite as praias muito sujas pois elas podem ter galhos, cacos de vidro e outras sujeiras que podem causar feridas nos pés. Use o chinelo o máximo que puder!

Depois daquele dia delicioso na praia ou no clube, você fica a fim de tomar aquela ducha, não é mesmo? Pois então USE O CHINELO! Não vá pegar frieira! Banho tomado, corpo enxugado, pele hidratada… é hora de passar repelente! Muito cuidado com as picadas de insetos! Ande com um Nebacetin na bolsa para passar nas picadas. Isto serve também para os pêlos encravados.

Aliás, bom assunto! Biquini pede depilação! Existem várias opções: gilete, depilação com aparelhos de barba ou similares que cortam os pêlos, depilação com cera quente, fria e com aparelhos que arrancam os pêlos pela raiz, descolorimento com blondor e água oxigenada. Destas opções, eu me adaptei ao SATINELLE  ICE PREMIUM. Na minha opinião, o melhor! Para a perna com linfedema, atualmente uso o creme VEET. Ele oferece uma depilação mais segura (mas é importente certificar-se de que não tem alergia ao produto), já que não arranca nem corta os pelos mecanicamente. Os pelos caem e não crescem pinicando como os retirados pela gilete.
Mas há quem prefira os outros métodos.  Vejamos abaixo:

método

vantagem

desvantagem

gilete

Não causa vermelhidão na pele, não dói

Costuma favorecer aparecimento de pêlos encravados. Se mal utilizado, pode ferir. Pêlos mais grossos (alguns dizem que é mito). Pode favorecer a erisipela se provocar ferida.

Barbeador elétrico e similares

Não causa vermelhidão na pele, não dói

Os pêlos crescem mais grossos(alguns dizem que é mito)

Cera quente

Pêlos finos e menor chance de pêlos encravados, se comparado à gilete. Pêlos demoram mais a crescer e não costuma coçar.

Agride a pele na medida em que arranca os pêlos pela raiz. Pode causar vermelhidão e, se mal feito, causa hematomas. A temperatura quente dilata os vasos e pode aumentar o inchaço. Dependendo da condição higiência do estabelecimento pode favorecer erisipela.

Cera fria

Pêlos finos e menor chance de pêlos encravados, se comparado à gilete. Pêlos demoram mais a crescer e não costuma coçar.

Agride a pele na medida em que arranca os pêlos pela raiz. Pode causar vermelhidão e, se mal feito, causa hematomas.

Depilador elétrico (tipo Satinelle)

Pêlos finos e menor chance de pêlos encravados, se comparado à gilete. Pêlos demoram mais a crescer e não costuma coçar. Existem modelos que vem com aplicador de gelo acoplado que alivia a dor e ajuda a evitar o inchaço.

Agride a pele na medida em que arranca os pêlos pela raiz. Pode causar vermelhidão.

Descolorante

Disfarça os pêlos.

Pode causar alergia e com isso, coceira, vermelhidão e inchaço.

Cremes depilatórios

Remove os pêlos sem dor. Boa opção se não houver alergia pois elimina os pelos sem corte. Método mais seguro quando se pretende evitar infecções.

Pode causar alergia e com isso, coceira, vermelhidão e inchaço.

Dica pessoal: quando eu vou à praia ou clube, eu uso a meia mais velhinha que eu tiver. Só tiro na barraca na hora de entrar na água! Quando tiro! Ajuda, viu!

Bem, para finalizar, ando com o Venaloth na bolsa para passar toda hora que inchar!

Pele hidratada, limpa, unhas cortadas sem cutucar  no canto (use o seu material), Venaloth a tira-colo, água fria e muito, muuuuuuuuuuito líquido…

o Verão te espera!
Barrinha MaynaBaby

Enfaixamento de braço

Atendendo a pedido, aí vai um vídeo do youtube que ensina a fazer o enfaixamento de braço. É bom lembrar também, que em postagens anteriores publiquei algumas braçadeiras que ajudam no tratamento (mas antes de comprar, consulte seu médico!).

Continuem participando!

Pensamento positivo, persistência e saúde para todos (as) vocês!

Todas as informações contidas tanto no site quanto no blog e no fórum do vivacomlinfedema.com.br visam ajudar e orientar pessoas com linfedema a conviverem da melhor forma possível com a doença. A autora de todo o conteúdo relacionado ao referido site, blog e fórum não é médica nem fisioterapeuta e objetiva apenas compartilhar suas experiências como portadora de linfedema. O site, o blog e o fórum do vivacomlinfedema.com.br não se responsabilizam por informações indevidamente prestadas por médicos e fisioterapeutas cadastrados na lista de busca do site, ficando a cargos destes a responsabilidade de honrar seus compromissos técnicos e éticos para com a sociedade. Feitas tais considerações, o vivacomlinfedema.com.br alerta: O MÉDICO ESPECIALISTA DEVERÁ SEMPRE SER CONSULTADO.